Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Déficit público da Alemanha aumentará para 0,5% do PIB em 2009

Berlim, 19 nov (EFE) - O Estado alemão contrairá dívidas em 2009 que elevarão o déficit público até 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, afastando-se, assim, da meta de conseguir um orçamento consolidado antes de 2011, segundo comunicou hoje a comissão orçamentária reunida em Berlim.

EFE |

A crise financeira e conjuntural obrigam ao novo endividamento para financiar o pacote conjuntural, após um superávit de cerca de 5 bilhões de euros em 2008.

O ministro de Finanças alemão, Peer Steinbrück, explicou ao fim do debate da comissão orçamentária que a Alemanha enfrenta "tempos muito difíceis" em 2009, com receita fiscal muito menor e fortes cortes nos bolsos dos cidadãos.

Ele alegou que a crise não é a única responsável por estes cortes, mas o desenvolvimento salarial, a mudança de moeda e os preços da energia também explicariam a estagnação.

Em 2008, a Alemanha terá um superávit de 5 bilhões de euros nos cofres públicos.

Quanto ao próximo ano, Steinbrück disse não estar preocupado com o Tratado de Maastricht - que criou a União Européia (UE) -, porque "nos movimentamos abaixo da barreira de 3%" no que se refere a déficit público, o que coloca a Alemanha quase em uma situação privilegiada a respeito de outras nações européias.

No entanto, o endividamento do Estado alemão será no próximo ano quase o dobro do previsto pelo Governo, chegando previsivelmente a 18 bilhões de euros, frente aos 10,5 bilhões de euros previstos na minuta orçamentária elaborada em julho.

A comissão orçamentária deve ter amanhã pronta a versão revisada desta minuta para o orçamento geral do Estado em 2009.

A princípio, Steinbrück tinha fixado como objetivo eliminar o déficit do Estado até 2011, mas, após começar a crise internacional, reconheceu que esta meta não poderá ser alcançada até o final da próxima legislatura, ou seja, até 2013. EFE umj/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG