Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Déficit no setor de eletrônicos sobe 61% no 1º semestre

O déficit da balança comercial do setor eletroeletrônico no primeiro semestre atingiu US$ 10,3 bilhões, 61% acima do verificado no mesmo período do ano passado (US$ 6,4 bilhões), segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). As importações foram favorecidas pela valorização da moeda e cresceram 40% em dólares, ou 16% em reais, acima da elevação do faturamento geral do setor.

Agência Estado |

Já as exportações de produtos eletroeletrônicos foram de US$ 4,8 bilhões, 9% acima do registrado na primeira metade de 2007. "Apesar deste expressivo resultado, os valores correspondentes em reais tiveram retração de 9%", identificaram os técnicos da Abinee em nota distribuída à imprensa.

A previsão da Abinee para este ano é de que o déficit comercial do setor deverá crescer 59% e atingir a marca histórica de US$ 23,4 bilhões e tem como base o saldo negativo de US$ 14,750 bilhões registrado em 2007. A Abinee acredita que as exportações deverão registrar expansão de 11% no ano comparado com 2007, atingindo US$ 10,3 bilhões, enquanto as importações devem aumentar 40%, para US$ 33,7 bilhões.

A expectativa em relação ao faturamento nominal do setor é de crescimento de 11%, para R$ 123,7 bilhões. Acompanhando essa expansão, o número de empregados deve aumentar para 167 mil, 11 mil trabalhadores a mais do que no final do ano passado. O faturamento do setor cresceu 11% no primeiro semestre do ano ante mesmo período de 2007.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG