WASHINGTON - O déficit nas transações correntes dos Estados Unidos aumentou para US$ 183,1 bilhões no segundo trimestre, em parte devido ao forte déficit no comércio de bens com outros países, mostrou o Departamento de Comércio nesta quarta-feira.

Acordo Ortográfico

O déficit do segundo trimestre foi maior que o registrado nos três primeiros meses do ano. De acordo com dados revisados para baixo, o saldo negativo da conta corrente norte-americana no primeiro trimestre foi de US$ 175,6 bilhões. Economistas previam que o déficit do segundo trimestre fosse de US$ 180 bilhões.

A conta corrente é a medida geral de todas as transações dos EUA com o resto do mundo, considerando bens, serviços e transações financeiras. O déficit no segundo trimestre equivaleu a 5,1% do Produto Interno Bruto (PIB), superior aos 5% do PIB no primeiro trimestre.

Leia mais sobre o déficit em transações correntes dos EUA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.