Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Déficit do INSS deve somar R$ 38,1 bi no ano e R$ 40,9 bi em 2009

BRASÍLIA - O governo reduziu a previsão para o déficit previdenciário em 2008 para R$ 38,1 bilhões, ou 1,32% do Produto Interno Bruto (PIB). Para 2009, a estimativa é de que o pagamento de benefícios de aposentados supere as receitas previdenciárias em R$ 40,9 bilhões. O valor do déficit estimado é 7,3% superior ao de 2008, mas corresponde a um percentual menor do PIB, de 1,28%.

Valor Online |


As novas projeções estão no projeto de lei orçamentária 2009, enviado nesta quarta-feirs ao Congresso. O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, chamou a atenção para o fato de que o Orçamento da União 2008 previa um déficit de R$ 46 bilhões para o INSS.

A expectativa anterior do governo para 2009 era de um resultado deficitário na Previdência em R$ 43 bilhões, número que consta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2009.

O ministro frisou a inversão na trajetória do déficit previdenciário, que subiu de 0,85% do PIB em 2000 para o pico de 1,8% do PIB em 2006. No ano passado essa relação diminuiu para 1,75%, devendo cair para 1,32% do PIB este ano.

O crescimento econômico que ampliou a geração de empregos e, por conseqüência aumentou as receitas da contribuição previdenciária, explicam a melhora desse indicador, segundo o governo.

Na projeção do Planejamento para ano que vem, a arrecadação previdenciária total deve chegar a R$ 187,8 bilhões, com crescimento de 15,9% sobre R$ 162 bilhões deste ano. As despesas com benefícios são estimadas em R$ 228,6 bilhões, um incremento de 14,2% sobre os R$ 200,1 bilhões esperados para 2008.

Leia tudo sobre: orçamento

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG