Tamanho do texto

O déficit do governo central da Grécia caiu para 11,4 bilhões de euros (cerca de US$ 9 bilhões) no período entre janeiro e junho, de 19,6 bilhões de euros no mesmo período do ano passado, informou o Banco da Grécia

O déficit do governo central da Grécia caiu para 11,4 bilhões de euros (cerca de US$ 9 bilhões) no período entre janeiro e junho, de 19,6 bilhões de euros no mesmo período do ano passado, informou o Banco da Grécia. Durante os seis meses, as receitas orçamentárias ordinárias subiram para 23,2 bilhões de euros (US$ 18,5 bilhões), de 21,7 bilhões em euros no mesmo período de 2009. Os gastos orçamentários ordinários caíram para 30,1 bilhões de euros (US$ 24 bilhões), de 35,5 bilhões de euros nos seis primeiros meses do ano passado, acrescentou o banco central.

O ministro das Finanças da Grécia, George Papaconstantinou, disse que a Grécia está no caminho para atingir sua meta de déficit para 2010 e sugeriu que a economia poderá surpreender com um desempenho melhor do que o esperado. Ele citou os números divulgados pelo banco central, mostrando que o déficit orçamentário atingiu 4,9% do Produto Interno Bruto (PIB) nos primeiros seis meses do ano, superando a meta de 5,8% do PIB acertada com o FMI e a União Europeia no memorando de entendimento para obtenção do empréstimo de 110 bilhões de euros.

No ano passado, a Grécia informou que o déficit orçamentário estava em 13,6% do PIB, o qual pretende reduzir para 8,1% do PIB este ano. "Estamos reduzindo o déficit como prometemos e o PIB pode não registrar uma contração de até 4% conforme previmos", afirmou Papaconstantinou. Mas, acrescentou, a receita orçamentária cresceu apenas 7,1%, abaixo da meta de 11%. "Nos próximos dias, divulgaremos os dados oficiais do Ministério das Finanças sobre a execução do orçamento nesses primeiros seis meses", disse o ministro. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.