O regime geral de Previdência Social registrou no ano passado déficit de R$ 36,206 bilhões. O resultado, em termos nominais, foi 19,3% menor do que o déficit de R$ 44,882 bilhões verificado em 2007.

Aumento de arrecadação e antecipação de despesas pesadas de fim de ano contribuíram para a boa performance.

Essa foi a primeira queda do déficit registrada durante o governo Lula, e a maior desde 1995. Em termos reais (deflacionado pelo INPC), o déficit da Previdência caiu 24,1%.

No início do ano, o governo previa que a Previdência Social teria déficit de R$ 43,9 bilhões. Segundo nota do Ministério da Previdência, o déficit da Previdência pode ficar em 2008 em 1,25% do Produto Interno Bruto (PIB), quase 0,5 ponto porcentual inferior a 1,73% do PIB registrado em 2007, e a menor do governo Lula.

No ano passado, a arrecadação líquida somou R$ 163,355 bilhões, com alta nominal de 16,3% e crescimento real de 9,2% em relação a 2007. As despesas com benefícios somaram R$ 199,562 bilhões, com uma alta nominal de 7,7% ante 2007 e elevação real de 1,1%.

O secretário de Políticas Sociais da Previdência, Helmut Schwarzer, explicou que a arrecadação ficou acima do esperado. E lembrou que as despesas com o 13º salário dos aposentados foram diluídas ao longo do ano, com parcelas pagas em julho, agosto, novembro e dezembro.

"As mudanças no calendário, com a antecipação de pagamentos previdenciários, foram importantes para esse resultado em dezembro", afirmou Schwarzer.

Dezembro

Em dezembro de 2008, a Previdência registrou um superávit de R$ 1,737 bilhão. Em dezembro de 2007, a Previdência havia apresentado déficit de R$ 3,886 bilhões e, em novembro de 2008, déficit de R$ 4,225 bilhões. O resultado do mês passado foi determinado por uma arrecadação líquida de R$ 22,964 bilhões, que mostrou crescimento de 69,4% em relação a novembro de 2008, e de 15,8% na comparação a dezembro de 2007. As despesas com benefícios previdenciários somaram R$ 21,227 bilhões, com um alta de 19,4% ante novembro de 2008 e queda de 10,5% em relação a dezembro de 2007. As variações foram calculadas com base nos valores nominais.

(Com informações da Agência Estado e Valor Online)

Leia mais sobre Previdência

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.