Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Déficit comercial sobe nos EUA; pedidos de seguro-desemprego caem

SÃO PAULO - O déficit comercial dos EUA voltou a aumentar em julho, a US$ 62,2 bilhões, contra US$ 58,8 bilhões no mês anterior, informou o Departamento de Comércio. Os analistas esperavam um valor menor, US$ 58 bilhões. Já os novos pedidos de seguro-desemprego nos EUA diminuíram em 6 mil na semana encerrada no dia 6 deste mês no confronto com a anterior, ficando em 445 mil.

Valor Online |

 

Na média das quatro últimas semanas, houve, no entanto, elevação de 250 requisições de seguro-desemprego, para 440 mil, perante a média antecedente, de 439,750 mil (dado revisto). As informações estão na página eletrônica do Departamento do Trabalho americano.

Acordo Ortográfico Foi o primeiro decréscimo desde dezembro de 2007 e o declínio mensal mais marcado desde o início da série, em dezembro de 1988, informou o Departamento do Trabalho americano.

Preços dos importados

Já o Índice de Preços dos Importados, também divulgado nesta quinta-feira, caiu 3,7% em agosto, uma inversão da direção tomada um mês antes, quando subiu 0,2% (número revisto).

O recuo nos preços dos importados em agosto refletiu a queda de 12,8% nos preços do petróleo, a redução mais significativa desde a diminuição de 18,8% apurada em abril de 2003. Quanto aos preços de exportação, houve recuo de 1,7% em agosto depois de uma elevação de 1,5% em julho (número revisado).

Leia mais sobre a economia norte-americana

Leia tudo sobre: desempregoeconomia dos euaimportados

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG