Washington, 10 out (EFE).- O déficit dos Estados Unidos em seu comércio de bens com os países do leste da Ásia diminuiu 5,3% em agosto e ficou em US$ 30,825 bilhões, informou hoje o Departamento de Comércio.

Nos oito primeiros meses deste ano o déficit dos EUA com essa região foi de US$ 223,841 bilhões, comparado com um de US$ 238,862 bilhões no mesmo período de 2007.

Os países do leste da Ásia contabilizam mais de 40% do déficit no comércio exterior de bens dos EUA, que nos oito primeiros meses deste ano somou US$ 552,898 bilhões.

Só a China representou em agosto 35% do déficit total no comércio de bens dos EUA.

O relatório do Departamento de Comércio mostra que o déficit com a China subiu de US$ 24,877 bilhões em julho para US$ 25,334 bilhões em agosto.

O déficit entre janeiro e agosto com esse país somou US$ 167,673 bilhões frente a um de US$ 163,799 bilhões no mesmo período do ano anterior.

O déficit americano com o Japão, que foi de US$ 6,328 bilhões em julho, caiu para US$ 4,766 bilhões em agosto. Nos oito primeiros meses deste ano, o déficit com o Japão somou US$ 50,788 bilhões comparados com um de US$ 54,947 bilhões no mesmo período do ano anterior.

Com o grupo que o Departamento de Comércio denomina "países recentemente industrializados" - Hong Kong, Coréia do Sul, Cingapura e Taiwan - os EUA tiveram em agosto um superávit de US$ 650 milhões após um de US$ 198 milhões em julho.

O superávit dos EUA em seu comércio de bens com esse grupo foi de US$ 6,181 bilhões nos oito primeiros meses deste ano, comparado com um déficit de US$ 4,247 bilhões entre janeiro e agosto de 2007. EFE jab/ab/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.