O déficit da balança comercial dos Estados Unidos caiu 4,4% em setembro para US$ 56,47 bilhões em relação ao déficit de US$ 59,08 bilhões registrado em agosto, informou hoje o Departamento do Comércio norte-americano. O número de agosto foi revisado de US$ 59,14 bilhões.

O déficit foi também menor do que o déficit previsto pelos economistas, de US$ 57,30 bilhões.

No período, as exportações caíram para US$ 155,40 bilhões e as importações recuaram para US$ 211,87 bilhões.

Entre os países, o déficit comercial dos EUA com a China cresceu 9,6% em setembro na comparação com agosto, passando de US$ 25,33 bilhões para US$ 27,77 bilhões. O déficit com o Japão aumentou 17%, de US$ 4,77 bilhões para US$ 5,59 bilhões.

Com os 15 países europeus da zona do euro, o déficit dos EUA somou US$ 5,99 bilhões em setembro, 28,8% a mais do que o montante de US$ 4,65 bilhões registrado em agosto. Com o Canadá, o déficit passou de US$ 7,54 bilhões para US$ 7,78 bilhões, o que representa uma alta de 3,18%. Já com o México, o déficit comercial diminuiu para US$ 4,94 bilhões, 16% a menos que o de US$ 5,88 bilhões de agosto. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.