Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Déficit comercial do Brasil com EUA cai para US$ 105 milhões em setembro

O Brasil registrou em setembro déficit de US$ 105 milhões em suas relações comerciais com os Estados Unidos, resultado bem menor do que o auferido em agosto, de US$ 1,327 bilhão, informou o Departamento de Comércio americano nesta quinta-feira.

EFE |

 

Entre janeiro e setembro, o Brasil acumula déficit de US$ 1,368 bilhão, em comparação com o superávit de US$ 1,617 bilhão no mesmo período do ano passado.

As trocas comerciais de América Latina e Caribe com os EUA subiram 3,2% em setembro, ficando em US$ 7,7 bilhões, segundo o Departamento de Comércio.

O superávit nos nove primeiros meses deste ano soma US$ 74,146 bilhões, praticamente estável se comparado com outro de US$ 74,477 bilhões no período similar de 2007.

Em setembro, a região contabilizou 10% do déficit total no comércio de bens dos EUA. O México, associado a EUA e Canadá no Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, em inglês), representou 63,5% do superávit comercial de América Latina e Caribe com os americanos.

Sem o México, o superávit comercial de América Latina e Caribe com os EUA teria crescido 72% em setembro.

O superávit do México em seu comércio de bens com os EUA caiu de US$ 5,88 bilhões em agosto para US$ 4,94 bilhões em setembro. Nos nove primeiros meses deste ano, o país acumula superávit de US$ 51,977 bilhões, contra US$ 53,244 bilhões positivos no mesmo período de 2007.

O déficit da Argentina em seu comércio de bens com os EUA caiu de US$ 196 milhões em agosto para US$ 122 milhões em setembro. Nos nove primeiros meses do ano, o déficit argentino somou US$ 1,631 bilhão, contra outro de US$ 1,094 bilhão no período similar do ano passado.

O Chile diminuiu seu déficit de US$ 282 milhões em agosto para US$ 196 milhões em setembro. Até o nono mês do ano, o Chile registrava déficit de US$ 2,985 bilhões, o que contrasta com o superávit de US$ 1,159 bilhão conseguido na mesma época de 2007.

A Colômbia, que em agosto teve superávit de US$ 233 milhões, registrou outro de US$ 129 milhões em setembro. Entre janeiro e setembro, a Colômbia contabiliza superávit de US$ 1,548 bilhão, comparado com outro de US$ 625 milhões nos nove primeiros meses de 2007.

O superávit da Venezuela caiu de US$ 4,58 bilhões em agosto para US$ 3,456 em setembro. O superávit venezuelano nos nove primeiros meses deste ano foi de US$ 33,639 bilhões, comparado com outro de US$ 19,639 bilhões da mesma época do ano passado.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG