SÃO PAULO - Pelo menos por ora, os acionistas da Telemar ficarão sem o dividendo extraordinário de R$ 1,196 bilhão que começaria a ser pago hoje. Decisão da 3ª Vara de Execuções Fiscais do Rio de Janeiro determinou que a empresa não efetuasse o pagamento até que seja decidido um caso de execução fiscal movido pela União, no valor de R$ 36,946 milhões.

"A companhia está tomando as medidas cabíveis para reverter a situação sendo que, tão logo permitido pelo Juízo, divulgará a nova data para o pagamento dos referidos dividendos extraordinários", explicou a Telemar em comunicado.

O pagamento dos dividendos foi decidido em reunião realizada em 5 de fevereiro. Quando anunciado, causou forte movimentação com os papéis da companhia, que chegaram a subir mais de 10% na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.