SÃO PAULO - A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) informou que não poderá efetuar o pagamento de dividendos programado para hoje. O que impede a distribuição do dinheiro aos acionistas é uma decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro relacionada a questões tributárias.

Em comunicado, a CSN afirma que está estudando as medidas necessárias para a defesa de seus interesses e dos seus acionistas.

As decisões da Justiça Federal foram provocadas por manifestação da Fazenda Nacional e a companhia está examinando as medidas necessárias para a defesa de seus interesses e dos seus acionistas, observou em fato relevante.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.