Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Decisão do Fed, PIB dos EUA e ata do Copom fazem a agenda da semana

SÃO PAULO - A última semana de janeiro reserva uma série de dados relevantes. No mercado externo, foco da reunião do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, e na primeira preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no quarto trimestre de 2008.

Valor Online |

Por aqui, o foco recai sobre ata da Comitê de Política Monetária (Copom), que na quarta-feira passada cortou a taxa básica de juros em 1 ponto percentual, para 12,75% ao ano.

Abrindo a semana, têm o Boletim Focus do Banco Central (BC) e o desempenho semanal da balança comercial. Ainda hoje, o Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp e do Ciesp divulga o Índice de Nível de Emprego Estadual e Regional da Indústria de São Paulo referente ao mês de dezembro de 2008.

No mercado de câmbio, o BC realiza mais uma operação para rolar os contratos de swap que vencem em fevereiro. Serão ofertados 35 mil contratos em dois vencimentos diferentes.

Nos Estados Unidos, os agentes recebem o índice de indicadores antecedentes, que tenta prever o comportamento da economia nos próximos três a seis meses. A Associação dos Corretores de Imóveis divulga a venda de casas usadas em dezembro. A previsão aponta para retração de 0,9%, para 4,45 milhões de unidades na taxa anualizada.

No front interno, a agenda ainda reserva o IPC da Fipe, o IGP-M de janeiro e os dados sobre a balança de pagamentos e política fiscal referente ao mês de dezembro. Nos EUA, a semana conta com a apresentação da confiança do consumidor, pedidos por bens duráveis, venda de casas novas e o índice de atividade em Chicago.

No âmbito corporativo, atenção para os resultados da American Express, Caterpillar, Kimberly Clark, McDonald´s, Philips Electronics e Texas Instruments, agendados para hoje.

Até o final da semana os investidores conhecem os resultados da Bristol-Myers Squibb, E*Trade Financial, Lexmark, Siemens, STMicroelectronics, Sun Microsystems, Verizon, Yahoo, AT & T, Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA), Canon, ConocoPhilips, Legg Manson, Pfizer, SAP, Tata Steel, Boeing, New York Times, 3M Company, Altria Group, Amazon.com, Colgate-Palmolive, Kodak, Eli Lilly, Ford, JetBlue, Sony, Chevron, Exxon, Honda, Honeywell e Procter & Gamble.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG