Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

De R$ 34 bilhões em impostos sonegados, Receita espera recuperar R$ 8 bi

A partir da semana que vem a Receita vai passar um pente fino e visitar cerca de seis mil empresas suspeitas de sonegação de impostos que somados chegam a R$ 33,9 bilhões. A expectativa é que já nos próximos dias 827 empresas sejam autuadas e intimadas a pagar pouco mais de R$ 1 bilhão em impostos sonegados e multas. Ao final da operação, a estimativa é que R$ 8 bilhões sejam recuperados.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

 

A Receita chegou a estas empresas cruzando dados de diversos programas de fiscalização e controle. Essa é a quarta ocasião em que o um esforço concentrado é feito para evitar a sonegação. A Receita batizou a ação de Omissão de Receitas ¿ Pessoas Jurídicas.

Nas irregularidades encontradas a Receita destacou omissão nos repasses de cartões de crédito, chegando a cerca de R$ 2,9 bilhões. Outro desfalque de R$ 1,4 bilhão foi identificado através do Sistema Integrado de Administração Financeira do governo, o SIAFI, revelando cerca de 600 contribuintes com indícios de omissão de impostos. Não foram dados detalhes dos demais débitos descobertos.

Para o coordenador de fiscalização da Receita, Marcelo Fisch, o fato de as empresas ampliarem sua participação em licitações públicas pela internet acabou por gerar uma nova base de dados, permitindo que a fiscalização do Leão seja mais eficaz.

Ele destacou que as empresas poderão regularizar sua situação, basta que paguem os impostos devidos e multas.

O objetivo maior da Receita é arrecadar, buscamos a arrecadação voluntária. Queremos fazer com que todos os contribuintes cumpram seu dever tributário e sejam desencorajados à prática de ilícitos tributários, comentou.

Das 827 empresas que serão fiscalizadas na primeira fase da operação, já na semana que vem, 274 são de São Paulo, 159 do Rio de Janeiro e 53 de Minas Gerais.

Leia mais sobre Receita Federal

Leia tudo sobre: receita federal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG