SÃO PAULO - O banqueiro Daniel Dantas prestará novo depoimento às 14 horas desta sexta-feira na sede da Polícia Federal, em São Paulo. Os advogados do banqueiro ainda não definiram a estratégia que será adotada durante a oitiva, ou seja, não sabem se Dantas irá falar. Nas duas últimas vezes que foi convocado, o banqueiro se manteve calado por orientação da defesa.

Os advogados dão uma série de argumentos para justificar o silêncio de Dantas. O mais comum é o de que a defesa não recebeu toda a documentação referente ao inquérito, como, por exemplo, as cópias de documentos apreendidos na casa do banqueiro e os áudios das conversas telefônicas interceptadas.

Na última quarta-feira, o advogado de Dantas, Nélio Machado, alegou que o acolhimento da denúncia de corrupção ativa contra Dantas, Hugo Chicaroni e Humberto Braz, por parte do juiz Fausto Martin de Sanctis, também acabou prejudicando o depoimento do banqueiro.

Machado deve anunciar a estratégia da defesa minutos antes do depoimento.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.