Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Danos de Wall Street se espalham e mercados da Ásia caem

Por Kevin Plumberg HONG KONG (Reuters) - As bolsas de valores asiáticas recuaram nesta terça-feira, com mercados no Japão e em Hong Kong apresentando quedas de cinco a seis por cento. Preços de títulos governamentais subiram, com investidores temendo que problemas com o grupo segurador American International Group se espalhem globalmente rapidamente logo depois do Lehman Brothters ter pedido proteção contra falência.

Reuters |

'Não há escapatória para ninguém. Todos nós temos que apostar ou tirar algum recurso da quantidade global conjunta de dinheiro e todos somos afetados por isso', disse Adnan Kucukalic, estrategista chefe do Credit Suisse em Sydney.

As ações da região Ásia-Pacífico, exceto no Japão, atingiram o índice mais baixo em dois anos, depois de um dos períodos de 48 horas mais explosivos do mercado financeiro.

Isso acelerou a fuga de ativos de risco. Investidores tiraram dinheiro de fundos relacionados a commodities, puxando o preço do petróleo abaixo de 92 dólares o barril.

O índice Nikkei da bolsa de TÓQUIO teve queda de 4,95 por cento, para 11.609 pontos, patamar mais baixo em três anos.

Os mercados do Japão, Coréia do Sul, China e Hong Kong estiveram fechados na segunda-feira, mas rapidamente seguiram as vendas de Nova York nesta terça-feira. O índice Dow Jones teve recuo na véspera de mais de 500 pontos, ou 4,4 por cento, na maior queda diária desde a reabertura dos negócios após os ataques de setembro de 2001.

O setor financeiro foi atingido por uma onda de vendas.

Ações da principal instituição financeira do Japão, o Mitsubishi UFJ Financial Group, despencaram 7,7 por cento, e os papéis do Macquarie Group, da Austrália, tiveram queda de 6,7 por cento.

O índice MSCI que reúne os mercados da região Ásia-Pacífico exceto Japão recuava às 8h14 (horário de Brasília) 4,3 por cento, a 332 pontos, patamar mais baixo desde agosto de 2006.

Em relação ao pico atingido em outubro do ano passado, o indicador acumula queda de 44 por cento.

Na Austrália, a bolsa de SYDNEY perdeu 1,39 por cento, para 4.750 pontos.

A bolsa de SEUL despencou 6,1 por cento, para 1.387 pontos.

Em HONG KONG, o índice Hang Seng caiu 5,44 por cento, para 18.300 pontos. XANGAI se desvalorizou em 4,5 por cento e TAIWAN teve desvalorização de 4,9 por cento. CINGAPURA teve queda de 1,01 por cento.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG