Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Daimler sacrifica produção de caminhões Sterling nos EUA para enfrentar crise

Frankfurt (Alemanha), 14 out (EFE).- O consórcio automobilístico Daimler anunciou hoje uma reestruturação de sua atividade nos Estados Unidos e no Canadá que leva ao encerramento da marca Sterling Trucks e ao fechamento de duas fábricas.

EFE |

A Daimler responde com este plano de concentração de sua atividade na América do Norte à piora da situação econômica tendo a intenção de manter seus resultados no terreno positivo.

A empresa afirma que esta reestruturação lhe permitirá melhorar seu balanço em US$ 900 milhões por ano.

A produção dos caminhões Sterling irá parar em março de 2009, o que representará o fechamento da fábrica de St. Thomas, localizada na província canadense de Ontário.

A este fechamento se seguirá, em junho de 2010, o da fábrica em Portland, no estado do Oregon, Estados Unidos.

Em termos de funcionários, isto representará a destruição de 2.300 postos de trabalho.

Segundo informação da Daimler, o abandono da produção de veículos industriais Sterling lhe permitirá se concentrar nas marcas Freightliner e Western Star, produzidas em grande parte no México, e manter no setor positivo seus resultados na América do Norte.

"Temos certeza de que com esta estratégia responderemos de forma correta aos desafios do mercado americano", declarou o diretor da seção de caminhões da Daimler, Andreas Renschler. EFE cv/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG