SÃO PAULO - A Daimler deve cortar 3,5 mil empregos nos Estados Unidos e Canadá diante do recuo da demanda. O enxugamento de pessoal foi conseqüência em parte da decisão de descontinuar a marca Sterling Trucks, do grupo, em março de 2009, o que levará ao fechamento das operações de fabricação de caminhões em Ontário naquele mês e e no estado americano de Oregon em junho de 2010.

A Daimler Trucks North America (DTNA) estima que 2,3 mil trabalhadores nas plantas de St. Thomas (Canadá) e Portland (EUA) serão afetados pela medida até meados de 2010. A empresa também pretende reduzir sua equipe de pessoal assalariado em 1,2 mil postos, com metade deles diretamente relacionados à marca Sterling.

Com essas medidas, a DTNA espera alcançar uma economia de US$ 900 milhões até 2011.

As informações estão na página eletrônica da Daimler.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.