SÃO PAULO - A agenda de indicadores da quarta-feira é exclusivamente externa, com destaque para os dados sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos durante o mês de fevereiro. Pela manhã, a ADP, empresa que processa folhas de pagamento, apresenta suas estatísticas de emprego no setor privado americano. A expectativa é de corte de vagas.

Os dados oficiais, do Departamento de Trabalho dos EUA, saem na sexta-feira.

A quarta-feira reserva ainda o índice de atividade no setor de serviços. É esperada uma piora para 41 pontos em fevereiro perante os 42,9 pontos em janeiro. Na segunda-feira, o índice para o setor industrial surpreendeu, subindo de 35,6 pontos para 35,8 pontos, quando o esperado era queda para 33,8 pontos.

Também será conhecida nesta jornada a evolução nos estoques de petróleo e derivados dos Estados Unidos na semana passada. À tarde, os agentes recebem o Livro Bege, do Federal Reserve (Fed), banco central americano. O documento é um compilado da percepção econômica durante os últimos 45 dias.

Na agenda interna, os agentes aguardam o resultado do fluxo cambial parcial do Banco Central (BC). No front corporativo, a quarta-feira reserva os balanços da Drogasil, SLC Agrícola, CCDI, Marcapolo e Energias do Brasil.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.