Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dados dos EUA e alta das commodities dão força às compras na Bovespa

SÃO PAULO - Apesar da alta verificada nos últimos cinco pregões, o investidor segue firme na ponta de compra da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) na jornada desta segunda-feira. Por volta das 15h25, o Ibovespa, que atingiu 71.645 pontos na máxima do dia, subia 0,64%, aos 71.

Valor Online |

SÃO PAULO - Apesar da alta verificada nos últimos cinco pregões, o investidor segue firme na ponta de compra da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) na jornada desta segunda-feira. Por volta das 15h25, o Ibovespa, que atingiu 71.645 pontos na máxima do dia, subia 0,64%, aos 71.590 pontos, com volume financeiro negociado de R$ 3,475 bilhões. Em Wall Street, o índice Dow Jones também avançava 0,36%, enquanto o S & P 500 tinha alta de 0,70% e o Nasdaq ganhava 0,96%. O otimismo dos agentes ganhou novo impulso com dados favoráveis de emprego nos Estados Unidos, divulgados na sexta-feira, e com indicadores referentes ao mercado imobiliário, revelados hoje. Além disso, a alta dos preços das commodities está se refletindo em ganhos para os papéis ligados aos setores de siderurgia e mineração. Há pouco, as ações PNA da Vale subiam 0,18%, a R$ 50,04, e giravam R$ 286,5 milhões. Os papéis PN da Petrobras também avançavam 1,17%, a R$ 36,17, com volume negociado de R$ 293 milhões. Entre as maiores altas do Ibovespa estão os papéis ON da Duratex, com ganhos de 3,61%, a R$ 16,32, seguidos pelas ações PN da Gerdau Metalúrgica, com apreciação de 2,58%, a R$ 38,06. Além disso, as ações ON e PNA da Usiminas avançavam, minutos atrás, 2,16% e 2,11%, respectivamente cotadas a R$ 66,10 e a R$ 64,23. No sentido oposto, figuravam entre as maiores perdas os papéis ON da Redecard, com queda de 3,35%, a R$ 32,57, as units da ALL, com recuo de 2,83%, a R$ 15,74, e as ações PN da Ultrapar, com baixa de 1,92%, a R$ 83,85. No cenário cambial, apesar de ganhar terreno contra o euro, o dólar perde força para o real, pelo quinto dia seguido. Há pouco, a divisa americana recuava 0,39%, a R$ 1,762 na venda. (Beatriz Cutait | Valor)
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG