Tamanho do texto

O déficit comercial do Reino Unido diminuiu mais do que o esperado em fevereiro, atingindo o menor nível em quase quatro anos, à medida que as exportações subiram no ritmo mais rápido desde 2003, de acordo com o Escritório para Estatísticas Nacionais. O déficit caiu para 6,2 bilhões de libras (US$ 9,5 bilhões), do dado revisado em alta de janeiro de 8,1 bilhões de libras.

O déficit comercial do Reino Unido diminuiu mais do que o esperado em fevereiro, atingindo o menor nível em quase quatro anos, à medida que as exportações subiram no ritmo mais rápido desde 2003, de acordo com o Escritório para Estatísticas Nacionais. O déficit caiu para 6,2 bilhões de libras (US$ 9,5 bilhões), do dado revisado em alta de janeiro de 8,1 bilhões de libras. Esse foi o menor déficit desde os 5,9 bilhões de libras registrado em junho de 2006.<p><p>Economistas esperavam que o déficit recuasse para 7,3 bilhões de libras em fevereiro, com ajuda do enfraquecimento da moeda britânica. O dado original de janeiro era de 8,0 bilhões de libras. As exportações subiram 9,5%, para 21,3 bilhões de libras, em fevereiro, o maior aumento mensal desde janeiro de 2003, puxadas pela venda de químicos. As importações do Reino Unido diminuíram 0,1%, para 27,5 bilhões de libras.<p><p>O déficit com países de fora da União Europeia também caiu mais do que o esperado, para 3,3 bilhões de libras, em fevereiro, do dado revisado de janeiro de 4,7 bilhões de libras. A estimativa dos economistas era de 3,9 bilhões de libras. O déficit em bens e serviços recuou para 2,1 bilhões de libras em fevereiro, de 3,9 bilhões de libras em janeiro - o menor desde agosto. O superávit em serviços diminuiu para 4,1 bilhões de libras, de 4,2 bilhões de libras. As informações são da Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.