Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou hoje que o colegiado da entidade decidiu multar conselheiros e diretores da TECBLU - Tecelagem Blumenau S.A.

por conta de irregularidades nos balanços da empresa nos exercícios sociais de 2004, 2005 e 2006.

De acordo com a CVM, os diretores da companhia Ruy Manuel Simões de Carvalho Turza Ferreira e José Afonso Bezerra foram multados em R$ 15 mil cada um, por terem elaborado os balanços nos três exercícios sem seguir as exigências legais, "tendo em vista a inexistência de controles físicos e financeiros sobre os saldos do Ativo Permanente Imobilizado".

Por ter aprovado as contas da TECBLU nos exercícios sociais de 2005 e 2006, o conselheiro de administração Jarbas Guimarães Júnior foi multado em R$ 20 mil.

Já a conselheira de administração Mônica Barbosa Guimarães Champlony da Rocha Leite foi multada em R$ 30 mil por conta da aprovação das demonstrações financeiras nos três anos em questão.

Ainda segundo a autarquia, os acusados punidos poderão apresentar recurso, com efeito suspensivo, ao Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional.

(Valor Online)