Além da alta dos preços dos fertilizantes, o custo de logística é outro fator que pode limitar o avanço do plantio na safra que começa a ser cultivada em setembro. A avaliação é do consultor de Logística e Infra-estrutura da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária, Luiz Antônio Fayet.

A expectativa do governo é de colheita de 150 milhões de toneladas de grãos na próxima safra. Na safra 2007/08, a produção foi de 142,2 milhões de toneladas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.