Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CSN dará férias coletivas para dois mil funcionários

SÃO PAULO - A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) vai dar férias coletivas para dois mil funcionários e paralisar algumas unidades de produção a partir do dia 22 de dezembro por um período de 20 dias, informou a empresa nesta segunda-feira.As medidas foram tomadas para ajustar a produção da companhia à queda na demanda por laminados e outros produtos de aço.

Reuters |

A CSN vai interromper a produção no setor de laminação da usina Presidente Vargas, em Volta Redonda (RJ), e vai paralisar totalmente a unidade Galvasud, localizada em Porto Real (RJ), que produz produtos em aço galvanizado principalmente para a indústria automobilística.

Algumas unidades administrativas localizadas em São Paulo também serão afetadas pelas férias coletivas. Trabalhadores deverão retornar ao trabalho em 12 de janeiro, informou a CSN.

A indústria siderúrgica global tem enfrentado redução na demanda por aço e outros produtos, com a redução do nível de vendas de automóveis e o menor ritmo da construção civil, já que o crédito ficou mais escasso para empresas e consumidores.

Leia tudo sobre: csn

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG