Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CSN assina acordo com japoneses

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) assinou ontem os principais contratos com o consórcio composto pelos grupos japoneses Itochu, Nippon Steel, JFE Steel, Sumitomo Metal Industries, Kobe Steel e Nisshin Steel, além da coreana Posco, para a venda de 40% da mineradora Namisa por US$ 3,12 bilhões. O negócio foi anunciado oficialmente na sexta-feira.

Agência Estado |

De acordo com comunicado, as empresas esperam concluir a operação até o final de novembro.

De acordo com a CSN, cerca de US$ 3 bilhões serão usados pelo consórcio para adquirir novas ações da Namisa a serem emitidas em uma emissão primária de capital. Depois disso, a Namisa pagará aproximadamente US$ 3 bilhões à CSN, na data do fechamento efetivo do negócio, como pré-pagamento de parte dos valores pactuados para os contratos de venda de minério de ferro bruto e prestação de serviços portuários.

O minério bruto será extraído pela CSN da Mina de Casa de Pedra e vendido à Namisa, que o beneficiará em suas próprias instalações industriais, em adição ao seu próprio minério. A previsão é que a mineradora produza 18 milhões de toneladas de minério de ferro em 2009, atingindo a marca de 38 milhões de toneladas em 2013 - as previsões até agora eram de atingir 40 milhões de toneladas em 2013.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG