Espanha analisará relatório sobre bancos com dirigente da Comissão Europeia

Recapitalização dos bancos começará em novembro, após a determinação da ajuda exata requerida

EFE |

EFE

O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, vai se reunir na próxima segunda-feira, em Madri, com o vice-presidente econômico da Comissão Europeia (CE), Olli Rehn, a quem reiterará sua determinação de cumprir os objetivos de déficit e com o qual analisará o relatório sobre os bancos espanhóis divulgado ontem.

Rajoy receberá no Palácio da Moncloa, sede oficial do governo, o representante da Comissão, instituição que ontem informou em comunicado que os dados revelados sobre os bancos são "um passo decisivo" para reforçar a confiança no setor financeiro espanhol. Além disso, a CE ressaltou que a recapitalização começará em novembro, após a determinação, nos próximos meses, da ajuda exata requerida.

Segundo o relatório da empresa de consultoria Oliver Wyman, os bancos espanhóis tem um déficit de capital de 53,745 bilhões de euros, embora o número se eleve a 59,3 bilhões se não forem levados em conta os processos de fusão em andamento.

Leia tudo sobre: ESPANHA CRISE

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG