Desemprego na Grécia atinge recorde de 23,6% no 2º trimestre

Número de pessoas sem trabalho atingiu 1,17 milhão; entre a população com idade entre 15 e 24 anos, o desemprego chegou a 53,9% no segundo trimestre, ante 43,1% no mesmo período do ano passado

Agência Estado |

Agência Estado

A taxa de desemprego na Grécia bateu um nível recorde no segundo trimestre, com quase uma em cada quatro pessoas do mercado de trabalho do país em busca de uma vaga, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo instituto de estatísticas grego.

Com o número de pessoas sem trabalho chegando a 1,17 milhão, a taxa de desemprego subiu para 23,6% no período, de 22,6% nos primeiros três meses do ano e 16,3% no segundo trimestre de 2011.

A Grécia, que está em seu quinto ano de recessão, vem implementando uma série de medidas de austeridade há mais de dois anos como parte de dois pacotes de ajuda recebidos por credores internacionais. O aumento do desemprego é uma das causas do programa de austeridade.

Entre pessoas com idades entre 15 e 24 anos, o desemprego chegou a 53,9% no segundo trimestre, ante 43,1% no mesmo período do ano passado. A taxa de desocupação entre as mulheres ficou em 27,3%, maior que a dos homens, de 20,8%. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ECONOMIAEuropaGréciaeurocrisedesemprego

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG