A crise financeira pode ter um impacto significativo sobre a demanda de abastecimento e os projetos de gás que precisam de grandes investimentos, afirmou nesta quarta-feira o diretor da francesa GDF-Suez, Gérard Mestrallet, em um encontro internacional sobre gás em Paris.

"É muito cedo para quantificar o impacto da crise financeira, mas o impacto será seguramente significativo", declarou.

"A crise financeira e econômica terá efeitos a curto prazo sobre a demanda e as capacidades de financiamento dos projetos", acrescentou.

Segundo Mestrallet, a crise atual não deve permitir o esquecimento de que a indústria do gás é uma "indústria de longo prazo que inclui muitas variantes".

aag-blb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.