Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise pode levar universidade de Harvard a cortar bolsas

Washington, 11 nov (EFE).- A universidade de Harvard, a mais rica dos Estados Unidos, começou a notar as conseqüências da crise econômica que ameaça obrigar à instituição a reduzir as bolsas que ajudam a manter os melhores estudantes do país.

EFE |

A diretora da instituição, Drew Faust, enviou um e-mail ao corpo acadêmico e aos estudantes informando que está buscando reduzir as despesas.

"Devemos reconhecer que Harvard não é invulnerável ao abalo financeiro que está afetando o mundo", reconhece Faust em sua carta, publicada pelo "Boston Globe".

Ela não especifica que cortes pretende fazer e por enquanto evita ser entrevistada, mas o diário indica, citando fontes ligadas à Harvard, que entre as medidas que poderiam se tomar está o congelamento dos salários e dos programas acadêmicos.

Faust adverte que embora a situação ainda seja boa, a universidade não pode dar como certas as generosas contribuições de doadores e fundações que nutrem a instituição.

"Precisamos estar preparados para enfrentar perdas nos fundos para bolsas de estudos", assinalou Faust, que antecipou um período de "maior rigor financeiro".

Como exemplo, o diário citou o caso da Faculdade de Artes e Ciências, a maior de Harvard, que enfrenta uma perda de cerca de US$ 4,5 bilhões de seu fundo de ajuda, o que significaria uma redução líquida de US$ 225 milhões em seu orçamento geral.

O fundo de ajuda econômica, que financia as bolsas de estudos dadas pela prestigiada universidade, contava antes da crise com US$ 36,9 bilhões.

Anda não se conhece as reais perdas da instituição nos últimos meses, mas segundo uma projeção elaborada pela agência de classificação de risco Moody's, poderia chegar 30% no presente ano fiscal, que vai de outubro de 2008 a setembro de 2009.

Para conter a despesa, outra das medidas que Harvard poderia tomar, segundo o diário, é a paralisação dos planos de expansão de campi anunciados no ano passado. EFE elv/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG