Tamanho do texto

Washington, 23 jul (EFE).- A montadora de automóveis Chrysler anunciou hoje que, até 1º de outubro, eliminará 1.

000 postos de trabalho no mundo todo, "para responder às atuais condições do mercado".

A empresa, que adota medidas similares às adotadas nas últimas semanas pela GM e a Ford, disse que irá antecipar aposentadorias e incentivar demissões.

A eliminação de 1.000 postos de trabalho daqui até 1º de outubro se soma a outras reduções trabalhistas anunciadas nos últimos meses pela Chrysler.

Esses cortes melhorarão a posição de liquidez da montadora, que desde o fim de 2007 é controlada pelo fundo de investimentos Cerberus. EFE crd/sc