Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise no setor imobiliário pode se estender em vários países, diz OCDE

Paris, 2 set (EFE).- A queda dos preços dos imóveis, que já atingiu vários países europeus, pode se prolongar durante mais tempo, disse hoje o economista-chefe interino da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Jorgen Elmeskov.

EFE |

Elmeskov, que apresentou perante a imprensa uma avaliação "interina" das perspectivas econômicas do Grupo dos Sete e da zona do euro para este ano, não quis se pronunciar especificamente sobre a Espanha, uma vez que a avaliação diz respeito aos sete países mais industrializados, que formam o chamado G7.

No entanto, o relatório cita Espanha, Dinamarca, Irlanda e Reino Unido como países onde se observa já uma queda dos preços do imóvel e da atividade no setor de construção.

Após assinalar que as tabelas sobre a queda dos preços mostram que a tendência precisa de impulso, o economista advertiu que é "relativamente raro" que se detenha "de forma abrupta".

"Vários países enfrentam provavelmente a necessidade" de mais ajustes nos preços do imóvel, assinalou o economista da OCDE.

Após lembrar que relatórios anteriores da organização viam provável um "ajuste pronunciado" em vários países que poderia continuar "durante um tempo", ele assinalou que é "muito difícil" precisar até quando pode durar.

Na medida em que houve "um elemento de excesso" na alta dos preços, não se pode excluir que haja também um excesso em baixa, advertiu. EFE ao/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG