O fabricante americano de brinquedos Mattel anunciou nesta quinta-feira a supressão de mil postos de trabalho, o que representa 3% do total de seus funcionários, para enfrentar melhor a pior crise econômica em cem anos.

Os cortes serão necessários para complementar o plano de demissões voluntárias, destacou a Mattel em um comunicado.

A redução de postos de trabalho, que não afetará o pessoal das fábricas, será realizada nos próximos 12 meses.

A sede da Mattel em El Segundo, na Califórnia, já demitiu 170 funcionários, disse Lisa Marie Bongiovanni, porta-voz do grupo.

chr/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.