Tóquio, 27 jan (EFE).- As duas principais companhias aéreas japonesas, Japan Airlines (JAL) e All Nippon Airlines (ANA), diminuirão a quantidade de voos nacionais e internacionais devido à crise, assegura hoje o jornal econômico Nikkei.

No total serão 22 as rotas afetadas em 2009, entre elas um voo internacional Osaka-Londres da JAL e dois da ANA para a China saindo do aeroporto de Nagóia.

De acordo com o jornal "Nikkei", com as novas medidas, ambas as companhias aéreas terão cortado juntas, desde 2007, 40 rotas até o fim de 2009, aproximadamente 10% do total.

Se anteriormente a razão havia sido a alta do preço do combustível, agora a causa é a crise econômica que derrubou a demanda por passagens no mundo todo.

Em novembro a média de ocupação dos aviões das duas companhias japonesas caiu 70%, segundo o "Nikkei".

A ANA e a JAL planejam fazer ainda esta semana o anúncio desses novos cortes em suas rotas. EFE psh/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.