Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise leva frigoríficos uruguaios a suspenderem exportação

Buenos Aires, 14 - Com as vendas paradas por conta da crise financeira internacional, muitos exportadores de carne bovina do Uruguai estão demitindo funcionários e suspendendo suas operações de forma temporária. A incerteza no cenário financeiro internacional, a extrema volatilidade nos preços das commodities e no câmbio dos principais mercados de carne bovina estão fazendo com que os operadores fiquem fora do mercado e evitem realizar novos negócios, disse a consultoria uruguaia Blasina and Tardáguila Consultores Asociados em sua newsletter semanal sobre o segmento.

Agência Estado |

Os problemas do Uruguai espelham os da vizinha Argentina, onde as exportações de carne bovina estão praticamente paradas.

Como os preços das commodities estão registrando quedas fortes por conta da expectativa de uma recessão mundial, os importadores de carne estão à espera de preços bem mais baixos que os dos últimos meses. "Os compradores europeus estão oferecendo 30% menos, os chilenos 40% menos e simplesmente não há qualquer oferta proveniente da Rússia", disse o executivo de um grande exportador da Argentina.

O Uruguai é o sétimo maior exportador de carne do mundo. Os três maiores exportadores são Brasil, Austrália e Índia, seguidos da Argentina, de acordo com dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG