BRASÍLIA - A crise começa a reduzir o gasto de brasileiros em viagens internacionais. Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo Banco Central, os turistas brasileiros gastaram US$ 11,352 bilhões no acumulado dos 12 meses encerrados em outubro.

Essa é a primeira vez desde abril de 2004 que o valor acumulado em 12 meses cai. Em outubro do ano passado, essa despesa somava pouco mais de US$ 11,4 bilhões.

O chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, diz que a conta de turismo é a que sente mais rápido os efeitos da crise internacional e o impacto desse cenário turbulento no câmbio, o que encarece os gastos em moedas estrangeiras. "O ajuste tem sido muito pronunciado", diz.

Números de outubro já mostravam arrefecimento. No mês, a despesa dos brasileiros no exterior caiu 15% na comparação com igual mês do ano anterior e somou US$ 774 milhões. Ao mesmo tempo, a receita obtida com estrangeiros que visitam o Brasil - que são beneficiados pelo dólar mais forte - aumentou 10%, para US$ 478 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.