Berlim, 20 set (EFE).- A crise financeira internacional não afetou até agora as empresas da Alemanha, segundo o presidente da Confederação da Indústria Alemã (BDI), Jürgen Thurmann.

Segundo Thurmann afirmou em declarações que serão publicadas amanhã pelo periódico "Rheinpfalz am Sonntag", as empresas não tiveram problemas para obter créditos.

"Os bancos seguem pondo à disposição das empresas dinheiro suficiente", disse Thurmann.

De acordo com alemão, a única coisa que mudou é que os bancos de investimento estão mais cuidadosos na hora de conceder créditos milionários. Mas para ele, isso é uma conseqüência "saudável" da crise. EFE rz/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.