Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise global provoca queda recorde das exportações da Alemanha

Por Dave Graham BERLIM (Reuters) - As exportações da Alemanha registraram queda recorde em novembro, à medida em que a demanda por carros e outros importantes bens despencaram, aumentando as preocupações sobre as perspectivas, que já são ruins, da economia do país em 2009.

Reuters |

De acordo com dados ajustados sazonalmente, as exportações caíram 10,6 por cento em novembro ante outubro, informou a agência federal de estatísticas alemã nesta quinta-feira.

Essa foi a maior queda mensal desde a reunificação em 1990.

A Alemanha, maior economia da Europa, tem sido a maior exportadora de produtos do mundo desde 2003. Para o analista Alexander Koch, da Unicredit, os números divulgados nesta quinta-feira foram "horríveis".

Na avaliação de Axel Nitschke, chefe de comércio exterior da Câmara de Comércio e Indústria da Alemanha, o futuro tende a ser ruim, considerando os problemas sofridos pela indústria automotiva do país.

"Os números de dezembro vão ser ainda piores", disse.

As importações feitas pela Alemanha também caíram em novembro, em 5,6 por cento, o que fez com que o superávit comercial ajustado do país encolhesse para 10,7 bilhões de euros, ante 15,8 bilhões de euros em outubro, informou a agência de estatísticas.

Economistas consultados pela Reuters esperavam um superávit de 14,5 bilhões de euros.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG