Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise freia crescimento das vendas da GM na China

Xangai, 7 jan (EFE).- As vendas da americana General Motors na China aumentaram 6% em 2008, a menor alta nos últimos cinco anos, e perto de um terço mais baixa em comparação com 2007, segundo os dados da companhia divulgados em comunicado.

EFE |

Em 2007, suas vendas tinham subido 19% em relação ao ano anterior, e a forte freada de 2008 foi devido, sobretudo, à queda da demanda no mercado asiático gerada pela crise financeira, apesar de ter vendido 1.094.561 unidades em todo o país, mais de um milhão de veículos pelo segundo ano consecutivo.

Este número representa, além disso, seu recorde de vendas anuais na China, acima do fixado em 2007, com mais de 1.030.000 unidades.

"Estamos satisfeitos com o crescimento de nossas vendas em 2008, que aconteceu apesar do arrefecimento geral do mercado", avaliou o presidente da GM para a China, Kevin Wale, no comunicado.

"Uma série de desastres naturais e o aumento dos preços dos combustíveis no começo do ano agravaram o impacto da crise global no setor automotivo na China", argumentou Wale. EFE jad/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG