Rio de Janeiro, 4 dez (EFE).- A Vale anunciou hoje que paralisará a partir de janeiro de 2009 por tempo indeterminado sua produção de níquel em uma mina do Canadá, devido às condições atuais do mercado deste metal.

"A Vale decidiu paralisar por tempo indeterminado a mina Copper Cliff South, localizada em Sudbury, na província de Ontário, Canadá", cuja produção é de 8 mil toneladas métricas de níquel por ano, assinalou a empresa em comunicado divulgado nos mercados financeiros.

Os novos ajustes aos planos de produção no Canadá se somam a medidas similares em operações na Indonésia, explicou a empresa.

Por sua parte, as operações em Voisey's Bay, na província canadense de Terra Nova (Terranova) e Labrador, Canadá, e que compreendem a mina de Ovoid e uma unidade de processamento serão paralisadas durante julho de 2009, acrescentou.

As minas de Voisey's Bay produziram até setembro deste ano 58 mil toneladas de níquel e 39 mil toneladas de cobre concentrado.

A empresa também disse que decidiu adiar por 12 meses o início do desenvolvimento do projeto Copper Cliff Deep (CC Deep), que originalmente prevê investimentos de US$ 814 milhões, dos quais US$ 138 milhões estão incluídos ao orçamento de 2009.

"Em um esforço de redução de custos, a subsidiária integral Vale Inco está lançando um programa de aposentadorias voluntárias para seus trabalhadores no mundo todo", acrescenta o comunicado.

"Levando em conta as incertezas existentes no cenário econômico global, a Vale mantém a opção de administrar seu ritmo de produção de acordo com as condições do mercado", acrescentou.

Na quarta-feira, a Vale anunciou que despediu até agora 1.300 de seus trabalhadores no Brasil e que dará férias coletivas a outros 5.500, em conseqüência da crise global que reduziu a demanda de seus produtos.

A Vale é a maior empresa privada do Brasil e principal exportadora. É também a segunda maior mineradora do mundo, com operações em dezenas de países, incluindo Colômbia, Argentina, Chile, Estados Unidos e Canadá. EFE ol/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.