Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise financeira derruba petróleo, que cai abaixo dos US$ 90

Os preços do petróleo caíram abaixo dos US$ 90 nesta segunda-feira em Nova York, em consequência do agravamento da crise financeira originada nos Estados Unidos, que gera temores de uma forte desaceleração da demanda de cru no futuro.

AFP |

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em novembro terminou a US$ 87,81, em queda de US$ 6,07, depois de chegar a ser negociado a US$ 87,56, nível que não é registrado desde fevereiro.

"O raciocínio é simples para os investidores: uma contração da economia significa uma diminuição da demanda e, conseqüentemente, dos preços", explicou John Kilduff, da MF Global.

A aprovação pelo Congresso americano na sexta-feira do plano de resgate de US$ 700 bilhões para salvar os bancos não foi o suficiente para tranquilizar os operadores, num momento em que o agravamento da crise na Europa derrubou as bolsas de todo o mundo.

A extensão para a Europa da crise financeira que começou nos EUA reforça a perspectiva de uma desaceleração durável da demanda energética.

"O petróleo registrou um período de alta da demanda sem precedentes, que começou nos Estados Unidos e chegou à China e ao resto do mundo", destacou Phil Flynn, da Alaron Trading.

"A diminuição também começou nos Estados Unidos e seguirá o mesmo caminho", acrescentou.

Segundo estatísticas do departamento de Energia americano, o consumo de produtos petroleiros do país caiu 7,1% nas últimas quatro semanas em relação ao mesmo período do ano passado, a 19 milhões de barris diários.

"O contágio está em marcha. A China não importará gasolina em outubro, pelo segundo mês consecutivo", lembrou Kilduff.

A China é considerada, junto com os grandes países emergentes, como o motor da demanda atual de cru.

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre petróleo

Leia tudo sobre: petroleo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG