Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise fechará 20 milhões de postos de trabalho

Genebra - A atual crise financeira terá um grave impacto na economia real, e levará à perda de 20 milhões de postos de trabalho no mundo, advertiu nesta segunda-feira a Organização Mundial do Trabalho (OIT).

EFE |

"O último cálculo que fizemos, com base nas projeções do FMI, da ONU, e com os dados existentes dos países, nos leva à conclusão de que, entre janeiro de 2008 e dezembro de 2009 -ou seja, em dois anos- se perderão 20 milhões de vagas", disse o diretor-geral da OIT, Juan Somavía, a um reduzido grupo de jornalistas.

"Com isto, o número de desempregados aumentará de 190 milhões, em 2007, até 210 milhões, no final de 2009", especificou.

"E achamos que este cálculo ainda pode estar subestimado, pois não sabemos como vai a evoluir a crise, se o crescimento se freará mais do que o projetado ou se a recessão será mais longa", advertiu.

Na opinião de Somavía, "se temos enormes recursos para resgatar o sistema financeiro, não podemos dizer que não há esses recursos para salvar o povo, porque é o povo que vai sofrer os danos da crise".

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: crise financeiraemprego

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG