Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise faz China suspender compra de novos aviões comerciais

Xangai, 28 nov (EFE).- O Governo chinês ordenou as companhias aéreas do país a suspender a compra de aviões comerciais durante a crise econômica mundial, informa hoje o jornal Shanghai Daily.

EFE |

As companhias aéreas ainda poderão comprar os aviões cuja aquisição foi aprovada antes da decisão, e assinar algumas novas encomendas no próximo mês, assinalou o chefe da divisão de políticas e pesquisa da Administração de Aviação Civil da China, Liu Shaocheng.

Liu não anunciou quando a proibição será aplicada, mas a explicou assegurando que a recessão mundial fará com que o transporte aéreo na China caia nos próximos três anos.

A maioria dos aviões de médio porte das frotas chinesas foi comprada da Embraer e da canadense Bombardier, enquanto os de grandes porte foram adquiridos da Airbus e da Boeing, cujas vendas também serão afetadas pela paralisação de encomendas. EFE trr/mh

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG