Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise econômica eliminará 243 mil empregos em Nova York

Nova York, 8 jan (EFE).- A recessão da economia americana eliminará 243 mil postos de trabalho em Nova York e elevará o déficit da cidade para US$ 4,3 bilhões durante o ano fiscal de 2009, informou o Escritório Orçamentário Independente (IBO, na sigla em inglês).

EFE |

Um relatório divulgado hoje acrescenta que, no ano fiscal de 2010, que terá início em 1º de julho do ano que vem, o déficit fiscal de Nova York chegará a US$ 7 bilhões.

Entre abril e novembro de 2008, a cidade perdeu 28,2 mil empregos, segundo o IBO, que calcula que as demissões continuarão pelo menos até o fim de 2010.

Ao todo, 243 mil postos de trabalho serão fechados entre abril de 2008 e o final do ano que vem, mais que os 228,1 mil empregos eliminados nos quase três anos que a cidade levou para se recuperar da crise econômica de 2001.

O número de vagas que serão fechadas por conta da atual crise é 40% maior que os últimos cálculos do fiscal de contas do estado de Nova York, Thomas DiNapoli.

O IBO, que é uma entidade pública mas não está subordinado à Prefeitura, assegura em todos os setores haverá demissões, menos nas áreas de saúde e educação.

Já o setor financeiro será o mais prejudicado pelos cortes, uma vez que 82,3 mil pessoas deverão ser demitidas. EFE mgl/sc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG