Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise contribui para queda de 5,6% na carga de energia nacional

RIO - A carga de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) atingiu 49.428 megawatts médios em dezembro, 5,6% abaixo do observado em novembro, segundo dados preliminares do Boletim de Carga Mensal, divulgados hoje pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Valor Online |

Em relação a dezembro do ano passado houve queda de 3,1%.

De acordo com o ONS, a turbulência financeira se refletiu na perda do dinamismo do crescimento da demanda " em praticamente todos os países do mundo " .

" Os segmentos industriais de siderurgia, ferroligas, extrativa e as montadoras de veículos são os que têm se mostrado mais propensos às reduções da demanda de energia junto às empresas do setor elétrico " , diz o boletim do ONS.

Todos os quatro subsistemas analisados pelo Operador apresentaram variação negativa entre novembro e dezembro. A maior queda foi no Nordeste, onde a carga caiu 6,9% frente ao mês passado, com 7.444 MW médios. A seguir veio o Sudeste/Centro-Oeste, com recuo de 6,8% e 29.733 MW médios. No Sul houve redução de 1,6%, mesma baixa observada no Norte.

De acordo com o ONS, os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste sofreram com a redução de produção da indústria e com a tomada de medidas como redução de produção, paralisações temporárias e férias coletivas.

Na comparação com dezembro do ano passado, os subsistemas Sul e Norte apresentaram elevação. No Sul, a carga atingiu 8.592 MW médios, 0,2% acima de dezembro de 2007, enquanto no Norte o crescimento foi de 3,7%, com 3.659 MW médios. No Sudeste/Centro-Oeste houve queda de 5,1%, enquanto no Nordeste o recuo foi de 1,7%.

No acumulado entre janeiro e dezembro a carga atingiu 51.868 MW médios, resultado 2,8% superior ao observado em 2007. Neste caso, os quatro subsistemas apresentaram variação positiva, com destaque para a alta de 4,1% no Norte, seguida por 3,5% no Sul, 3,1% no Nordeste e 2,3% no Sudeste/Centro-Oeste.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG