Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crise afeta a cadeia Starbucks, que prevê queda de suas vendas de café

A severidade da crise econômica levou a cadeia de cafeterias Starbucks a prever uma queda de sua cifra de negócios até setembro de 2009, um período que se anuncia extremadamente difícil, segundo o relatório anual do grupo.

AFP |

"Os clientes da Starbucks podem ter menos dinheiro disponível para suas compras essenciais por causa das supressões de emprego, das dívidas imobiliárias, das falências, do acesso mais difícil ao crédito e da queda dos preços imobiliários", afirma a empresa.

Nesse sentido, expressa sua preocupação com a queda da clientela em seus cafés e o consumo cada vez menor.

Depois de cair no vermelho no terceiro trimestre de seu exercício 2007-2008, a Starbucks continuou em baixa no quarto trimestre e anunciou, no início do mês, um lucro anual reduzido pela metade, num momento em que seus 'expressos' e capuchinos padecem de uma forte concorrência de cadeias de baixos preços, como o McDonald's e o Dunkin'Donuts.

A empresa de Seattle tem previsto inaugurar em dezembro mais 700 lojas nacionais e no exterior, e fechar umas vinte nos Estados Unidos.

chr/cn

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG