Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Criação de vagas em fevereiro pode ser recorde, diz Lupi

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, disse nesta sexta-feira que a geração de empregos formais em fevereiro superou as 181 mil vagas criadas em janeiro deste ano. Segundo o ministro, os dados preliminares mostram que o número de empregos criados no mês passado se aproxima de 200 mil e poderá bater o recorde para o mês, atingido em fevereiro de 2008, quando 204,9 mil postos de trabalho foram gerados.

Agência Estado |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561704827&_c_=MiGComponente_C

"Já temos o segundo melhor fevereiro da história, e todos os indícios apontam para um novo recorde", disse.

Lupi afirmou que ainda faltam apurar dados de dois dias úteis do mês passado. Em fevereiro de 2009, foram criadas cerca de 10 mil vagas. O ministro revelou que a indústria é o setor que está puxando as contratações, graças ao processo de recomposição de estoques, que haviam sido praticamente zerados durante a crise. "Algumas empresas se aproveitaram daquele momento para demitir", declarou.

Segundo Lupi, o mês de fevereiro provavelmente recuperou todas as demissões ocorridas no setor industrial durante a crise. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que todos os setores industriais estão contratando. Lupi disse que, em janeiro e fevereiro, a contratação da indústria superou o primeiro bimestre do melhor ano do setor, que foi 2007. "Os números preliminares mostram isso", afirmou. Lupi acrescentou, no entanto, que a indústria paulista ainda tem empregos a recuperar.

Questionado sobre se o fim da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis, em março, poderá ter impacto sobre o nível de emprego, o ministro avaliou que os efeitos "serão mínimos, mas recuperáveis".

O ministro reiterou que o País deverá criar mais de 2 milhões de empregos em 2010, ante as 995 mil vagas geradas no ano passado. Otimista, ele já fala que o número poderá ficar bem acima de suas atuais previsões. Para ele, "2010 será o melhor ano da história do emprego no Brasil".

Leia mais sobre emprego

Leia tudo sobre: empregolupiministerio do trabalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG