O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da Grã-Bretanha no segundo trimestre foi revisado nesta sexta-feira em baixa pelo Departamento de Estatísticas Nacionais (ONS), 0% em relação ao primeiro trimestre e 1,4% interanual, o que coloca o Reino Unidos oficialmente à beira de uma situação de inflação.

Segundo o banco Calyon, os economistas espervam cifras sem alterações em relação à primeir estimativa do ONS publicada no mês passado, quando o crescimento foi inialmente avaliado em 0,2% no trimestre e 1,6% interanual.

A taxa revisada de 0% é a mais frávil registrada desde o segundo trimestre de 1992, afirma o ONS em um comunicado. No primeiro trimestre, o crescimento britânico foi de 0,3% em relação ao trimestre anterior e de 2,3% interanual.

Este crescimento nulo marca o fim de um período excepcional de 63 trimestres consecutivos (quase 16 años) de progressão do PIB britânico. Há vários meses os economistas previam que o país entraria em breve em recessão.

fpo/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.