Nova York, 1º jun (EFE).- O crescimento do setor manufatureiro dos Estados Unidos registrou em maio uma leve moderação em relação a abril, quando seu ritmo de crescimento estava no nível mais alto dos últimos seis anos, informou hoje o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

Nova York, 1º jun (EFE).- O crescimento do setor manufatureiro dos Estados Unidos registrou em maio uma leve moderação em relação a abril, quando seu ritmo de crescimento estava no nível mais alto dos últimos seis anos, informou hoje o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês). O índice de atividade que elabora essa entidade para medir a evolução do setor manufatureiro neste país caiu em maio para 59,7 pontos, um nível que, mesmo assim, está acima do que esperavam os analistas. Em abril, esse índice ficou em 60,4 pontos, o nível mais alto desde junho de 2004. Um índice superior a 50 pontos reflete um avanço generalizado da atividade nas empresas do setor e abaixo desse nível aponta para uma contração. Maio é o décimo mês consecutivo em que este índice se situa acima dos 50 pontos, o que quer dizer que o setor manufatureiro americano está há dez meses crescendo de forma ininterrupta. Norbert Ore, presidente do comitê do ISM encarregado de elaborar este índice por meio de uma pesquisa entre empresas do setor, destacou que o avanço de maio se registrou em 16 dos 18 subsetores estudados. Além disso, detalhou em comunicado que o setor também está há seis meses seguidos aumentando o número de pessoas para as quais fornece vagas de emprego. EFE mgl/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.