Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cresceu a renda enviada ao exterior no terceiro trimestre, diz IBGE

RIO - O aumento de R$ 4,7 bilhões na renda líquida de propriedade enviada ao resto do mundo foi um dos principais motivos para que o país fechasse o terceiro trimestre com necessidade de financiamento de R$ 11,4 bilhões. A economista Amanda Tavares, integrante da coordenação de contas nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), destacou também a redução de R$ 6,8 bilhões no saldo externo de bens e serviços.

Valor Online |

A necessidade de financiamento no terceiro trimestre de 2008 significa que os pagamentos de compromissos externos superaram as entradas de recursos em R$ 11,4 bilhões. No mesmo período do ano passado, ocorreu o contrário: as captações foram maiores do que os compromissos a pagar e o país teve uma capacidade de financiamento de R$ 400 milhões.

O saldo externo de bens e serviços passou de R$ 10,6 bilhões no terceiro trimestre do ano passado para R$ 3,8 bilhões entre julho e setembro deste ano. A redução foi fruto do aumento de 22,8% nas importações de bens e serviços, contra uma alta de apenas 2% nas exportações de bens e serviços.

Já a renda líquida de propriedade enviada ao resto do mundo subiu de R$ 12,8 bilhões no terceiro trimestre do ano passado para R$ 17,5 bilhões em igual período deste ano.

Questionada sobre a possibilidade de a crise financeira ter influenciado o aumento da receita enviada para fora do Brasil por parte das multinacionais, Amanda respondeu que o IBGE apenas compila os dados do Banco Central.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG