Tamanho do texto

Estudo realizado pela Dextron Management Consulting, especializada em estratégias de negócios, demonstra o impacto do boom imobiliário sobre as empresas do setor. Segundo a pesquisa, o boom foi provocado pelo movimento de fusões e aquisições - foram 78 entre 2006 e 2009-, e pela captação de recursos para investimentos, especialmente os voltados para a população de baixa renda.

Estudo realizado pela Dextron Management Consulting, especializada em estratégias de negócios, demonstra o impacto do boom imobiliário sobre as empresas do setor. Segundo a pesquisa, o boom foi provocado pelo movimento de fusões e aquisições - foram 78 entre 2006 e 2009-, e pela captação de recursos para investimentos, especialmente os voltados para a população de baixa renda. O estudo mostrou que em 2006 apenas a Cyrela faturava mais de R$ 1 bilhão por ano. Três anos depois, o número de bilionárias aumentara para oito, incluindo Gafisa, PDG Realty, Brookfield, MRV, Agre, Rossi e Even. Com isso, o faturamento total do G-8 da construção, que era de R$ 4 bilhões, em 2006, passou a R$ 20 bilhões, em 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.